11 de abril de 2017

Primeiras impressões: Lacrymosa - Juliana Daglio


Reprodução: Juliana Daglio
Olá leitores!
Tive a oportunidade de ler 30 páginas do livro Lacrymosa, da autora nacional Juliana Daglio, e hoje vim aqui dividir as minhas impressões e expectativas para a obra. Já adianto que adorei a premissa da história e preciso urgentemente de um exemplar desse livro na minha cabeceira!

Sinopse: O nome dela não é Valery Green. Também não nasceu no Kansas, e sua família toda não morreu num acidente de carro onde ela foi a única sobrevivente. Nascida num mundo de trevas e segredos apocalípticos, a garota feita de mentiras luta dia após dia para ter uma vida longe de sua verdadeira identidade e de seu dom misterioso, o qual ela julga como uma maldição. Por cinco anos, ela conseguiu. Escondida na pacata Darkville, tornou-se uma respeitada Detetive, conhecida por sua frieza e eficácia no trabalho. Seu companheiro Axel parece ter orgulho de trabalharem juntos, até ficar frente a frente ao que encontraram na busca daquela noite - um demônio dentro de uma garotinha. Para ajudar a pequena Anastacia, Valery terá que colocar em risco o trabalho na polícia e seu relacionamento com Axel, recorrendo à ajuda do Padre Henry Chastain, um velho conhecido. Desenterrando um passado cheio de exorcismos, perseguições e batalhas contra demônios, esse reencontro não promete ser feito de abraços e boas-vindas. Chas, como ela o chama, é conhecido como o maior Exorcista vivo - a Espada de Sal do Vaticano, e é sua única esperança de lutar contra o novo inimigo, mas também representa o ponto fraco de si mesma e o acesso a um passado doloroso que pode despertar seus próprios demônios interiores.

Minhas impressões
Algo que logo veio na minha cabeça durante toda a leitura foi a série O Exorcista, de 2016. Encontrei muitos pontos semelhantes, e por eu ter gostado bastante da série, logo fiquei bastante animada com o livro. Esses pontos semelhantes foram: o Padre, seu jeito e "estilo" me lembraram muito o Padre Marcus como pessoa, e eu adorava esse personagem na série; e o próprio demônio que está possuindo uma criança, o qual me lembrou o demônio que possuiu a Angela e sua filha Casey.

Falando assim acredito que já deve ter dado para perceber que a história tem relação com exorcismos e demônios, até porque isto está claro na própria sinopse, mas eu li sem saber desse detalhe e sem ter lido a sinopse, o resultado da minha experiência não poderia ser melhor. Eu nunca li nada que envolva esse assunto, por mais que eu adore filmes assim, e ter esse primeiro contato com a obra de uma autora nacional foi uma experiência muito boa e gratificante. Eu também ainda não li os outros livros da Juliana, então esse foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e posso dizer que foi surpreendente.

A Juliana escreve de uma forma tão bonita e gostosa de se ler. Mesmo às vezes usando palavras muito rebuscadas e desconhecidas (para mim), isso em nada afetou a minha experiência com o texto, só acrescentou. Ela tem uma forma de contar histórias que te deixa totalmente hipnotizado e curioso para saber mais. Ela consegue te conectar aos personagens logo na primeira página e fazer com que você se sinta preocupado com eles logo no segundo capítulo.

Acredito que por ser uma história contada em primeira pessoa, pois cada capítulo é narrado por um personagem específico, traz uma conexão ainda maior com o personagem. Logo no primeiro capítulo sabemos que Valery não é o nome real daquela mulher e que ela tem muitos segredos para ter feito o que fez com a sua família, e a história é tão envolvente que tudo o que você quer saber é quais são esses segredos e o que aconteceu no passado dela. Admito que essa curiosidade está me corroendo e que preciso ter esse livro em minhas mãos para conferir a história por completo. E garanto que você se sentirá como eu, assim que ler as primeiras páginas e se sentir intrigado para continuar sem interrompimentos.

Mesmo só tendo lido, até o momento, três capítulos do livro, já deixo como indicação para todos, tanto aqueles que adoram uma história de terror e suspense como também aqueles que gostariam de ter um contato maior com a literatura brasileira contemporânea. Pretendo correr atrás de um exemplar para mim, e posteriormente conhecer os outros livros publicados da Juliana, pois já me encantei pela autora. Espero que aqueles que não a conhecem, façam o mesmo.

Reprodução: Juliana Daglio


Contatos da autora 
E-mail: lacrymosa.jd@gmail.com
FanPage: https://www.facebook.com/autoraJulianaDaglio/ 
Instagram: @judaglio2 

10 comentários

  1. Deve ser um livro muito bom. Eu me amarro nessas histórias de "maldição", são quase sempre muito legais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto! Estou querendo me aventurar mais em livros com essa temática e esse caiu como uma luva pra mim, hahaha.

      Excluir
  2. Olá, tenho certa curiosidade para ler os livros da autora. Com muito suspense e mistério seria o segundo gênero estilo DarkSide que eu leria.

    www.mundofantasticodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que o estilo dela super combina com o da DarkSide! Seria maravilhoso ter uma história da autora naquelas edições maravilhosas da editora.

      Excluir
  3. Adoreeeei!! Vibrei de alegria lendo sua postagem e estou muito ansiosa para que você possa ler o livro todo.
    Eu assisti recentemente a série, e fiquei de queixou caído com as semelhanças também. Padre Marcus roubou meu coração para sempre. Espero que o Padre Chastain roube o seu também. Já adianto que vai ter uma surpresa kkkkk

    Obrigada obrigada obrigada!! Por ler e por resenhar com tanto carinho! 💜💜💜

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou bastante ansiosa, e você ainda me vem com surpresas, hahaha. Preciso urgentemente do seu livro. <3
      Obrigada você pela confiança no meu trabalho e pelo carinho nas conversas. Você é uma fofa! E merece todo o sucesso do mundo.

      Excluir
  4. Não gosto de livros de terror, mas adorei como tu descreveu a autora, adoro livros que te fazem se apegar nos personagens, quando eu tava lendo "A maldição do Tigre", chegava a acordar durante a noite para pensar o que eu ia fazer para ajudar eles ( quase fiquei doida hahaha) E como dizem, a primeira impressão é a que fica, e pelo que vi as tuas foram as melhores sobre este livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, que legal! Ainda não li A Maldição do Tigre, mas só ouço coisas boas sobre. Quem sabe eu ainda me arrisque nessa história. E sim, a minha primeira impressão do livro foi muito boa, imagino que será ainda melhor ao ler a obra inteira.

      Excluir
  5. Nunca li nenhum livro de terror, maaas gostei bastante da resenha e a história me chamou atenção! Acho que se um dia eu juntar coragem suficiente pra ler um desses livros, vou tentar começar por esse hahaha. Adorei o blog e já tô seguindo <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, seja bem vinda! ♥
      Por ainda não ter lido o livro completo não consigo opinar se a história dará medo ou não, mas se um dia sentir vontade de ler o gênero se arrisque nesse. Além de ter contato com um gênero novo, você ainda estará ajudando no sonho de uma escritora nacional. Olha que legal! :)

      Excluir