17 de março de 2017

Dica de filme em dobro: As Sufragistas e She's Beautiful When She's Angry


Reprodução: Biblioteca Pessoal
Olá leitores!
Vocês já ouviram falar no Movimento Sufragista e no Feminismo? As indicações de hoje são justamente para conhecerem melhor ambos os movimentos, e ainda por cima conhecerem também um pouco mais sobre a importância das mulheres na história. Sendo os dois baseados em fatos, somos apresentados a realidade, tanto do passado como também da atualidade, do preconceito e desvalorização da mulher apenas por ser mulher. Acompanhamos suas lutas por liberdade e igualdade, percebendo o quanto os dois movimentos são importante para a nossa (r)evolução.

Reprodução: Google
"No início do século XX, após décadas de manifestações pacíficas, as mulheres ainda não possuem o direito de voto no Reino Unido. Um grupo militante decide coordenar atos de insubordinação, quebrando vidraças e explodindo caixas de correio, para chamar a atenção dos políticos locais à causa. Maud Watts sem formação política, descobre o movimento e passa a cooperar com as novas feministas. Ela enfrenta grande pressão da polícia e dos familiares para voltar ao lar e se sujeitar à opressão masculina, mas decide que o combate pela igualdade de direitos merece alguns sacrifícios."
As Sufragistas (Sufragette) foi dirigido por Sarah Gavron e lançado em 2015. Com um elenco "de peso", contamos com as atuações incríveis de Meryl Streep, Carey Mulligan, Helena Bonham Carter, Anne-Marie Duff, entre outros.
Além do destaque especial que o elenco merece receber, a história não fica em nenhum momento para trás. Através de uma história baseada em fatos, o filme irá nos mostrar como as mulheres eram tratadas no século XX (que acredite, não chega a ser tão diferente de como somos tratadas atualmente) e como foi a luta desse grupo atrás de igualdade e liberdade. Dá para observar que ali, naquele momento, temos o surgimento do movimento feminista, um movimento onde as mulheres lutam pela igualdade entre gêneros. Entretanto, não é só essa visão que o filme mostrará, mas também retratará a ação dos homens e da sociedade ao se depararem com esse "tipo" de mulheres, aquele tipo que vai para rua reivindicar por seus direitos e batalhar também por aquelas que tem medo e sem prendem dentro de casa.
Ao assistir esse filme você aprenderá muito sobre a história das mulheres e o seu papel na sociedade que era imposto pelos homens. Você conhecerá com mais detalhes sobre o movimento sufragista, e com toda certeza se sentirá mais curiosa para procurar outros relatos e se sentirá motivada pelas personagens. Um fato muito importante e que o filme expõe, sem nenhum tipo de censura ou corte, é o momento exato em que a sociedade percebe o quanto estava errada em se opor a luta feminista e que foi preciso uma morte para poderem abrirem os olhos.
Aproveito para deixar aqui uma resenha sobre o filme que capta a essência dessa obra: para ler basta clicar aqui.

Reprodução: Google
"She’s Beautiful When She’s Angry" conta a história das mulheres que criaram o movimento feminista nos anos 1960, fazendo uma revolução em todos os âmbitos sociais."
She’s Beautiful When She’s Angry é um documentário dirigido por Mary Dore e lançado em 2014, que falará sobre o movimento feminista nos EUA durante 1966 à 1971. Durante o documentário somos apresentados aos relatos de feministas que tiveram grande participação e importância no começo desse movimento. 
Para quem quer conhecer melhor e saber mais sobre o feminismo, esse é um documentário que você precisa assistir! Cheguei até ele por causa de um trabalho que fiz para a faculdade e falei exclusivamente sobre o movimento feminista, e admito que ele me ajudou bastante. Por mais que ele foque no início dessa luta, é sempre importante conhecermos os seus objetivos e motivações, como começou e o motivo para essa partida. Além disso, também ficamos sabendo como era a aceitação de pessoas negras e homossexuais nesse grupo, que no começo reagiam até mesmo com um tipo de preconceito para cima delas, logo um grupo que deveria ser baseado em aceitação e igualdade. Também é legal observarmos o quanto esse movimento pode ter mudado e evoluído até os dias de hoje, sendo importante esse panorama de comparação.
Se você ainda não se sente convencido a tirar um tempo do seu tempo e conferir o documentário, que aliás está disponível no catálogo da Netflix, aqui vai um artigo com mais 9 motivos para você assistir.
Separei esses dois filmes especialmente para vocês aprenderem mais sobre o movimento sufragista e o feminista, mas também para conhecerem um pouco mais sobre a história da mulher e a importância da sua luta. Se hoje nós já podemos votar ou trabalhar fora de casa, é graças à essas mulheres que foram para as ruas reivindicarem pelos nossos direitos e morreram em busca de um futuro melhor para todas nós. Sei que ainda não temos o bastante e que ainda precisamos lutar por muitas outras coisas, que o machismo ainda é muito presente na sociedade e é visto como "normal", e sei também que ainda não somos valorizadas por sermos mulheres, pois somos muitas vezes julgadas negativamente por termos nascido assim, porém eu acredito que podemos mudar essa visão de mundo e deixar um espaço melhor de se viver para nossas pequenas, e é por isso que hoje eu afirmo que sou feminista e que sou totalmente a favor dessa luta.
Espero que vocês tenham gostado das indicações e que tenham a oportunidade de conferi-las e, assim como eu, adorá-las. Se alguém tiver outra indicação de filmes ou documentários relacionados a esse assunto eu adoraria saber, então, sintam-se a vontade para indicar e comentar sua opinião. Só por favor não venham com comentários destrutivos ou ofensivos. Um beijo e até a próxima.

2 comentários

  1. Ótimo post!

    Já ouvi falar desses dois filmes e agora que sei do que se tratam vou assistir! Sou feminista e sempre procuro filmes, livros ou séries que tenham essa temática envolvida.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste de ambos, e fico muito feliz em conhecer outra feminista. ♥

      Excluir